arquivo

lasanha

não curto lasanha a bolonhesa. na verdade, meu problema é com o molho vermelho. acho ácido demais. também não curto molho branco em lasanha, acho que fica demais, enjoativo.. mas me amarro em lasanha (qual gordo não?). depois de algumas experiências cheguei nessa receita aí debaixo, que confesso, varia de acordo com meu humor. mas a base é sempre essa.

UTENSÍLIOS BÁSICOS

  • refratário (que nada mais é do que uma forma de vidro ou cerâmica)
  • -> (mas ó, pode ser também uma forma de alumínio, só é pior na hora de servir / lavar)
  • panela para fazer o molho
  • papel alumínio

UTENSÍLIOS OPCIONAIS

  • forma de alumínio um pouco maior do que a que for utilizada para montar a lasanha

INGREDIENTES BÁSICOS

  • 1 pacote de massa para lasanha pré-cozida (uso as marcas renata ou adria mas, se você quiser esculachar, pague R$ 10 num pacote de massa  de cecco)
  • meia cebola grande picada
  • 3 dentes de alhos espremidos
  • 3 colheres de manteiga + um gole de azeite
  • 2 sachês de molho de tomate de sua preferência (eu geralmente vou de molho com funghi)
  • 1 caixa de creme de leite (pode ser em lata)
  • 2 medidas de água, usando para medir a embalagem que você usou de creme de leite
  • sal, pimenta do reino
  • 300g de queijo prato fatiado
  • 300g de peito de peru fatiado
  • 200g de cogumelos (aqueles comuns, de conserva)
  • queijo parmesão ralado fresco (pra colocar por cima no final, e pra ir metendo no prato, como todo bom glutão faz)

a alma de uma lasanha é o molho. portanto, empregue todo seu amor no seu preparo.

manteiga + azeite na panela, fogo médio. refogue os dois, usando o mesmo princípio do refogado do feijão: cebola primeiro, depois o alho. morenou cebola e alho, coloque teus sachês de molho e espere ferver.

ferveu, desligue o fogo, some o creme de leite e a água. você vai ter a impressão de que o molho está muito aguado, e está mesmo. mas e aí, vou comer sopa de lasanha, tia? não, jovem. o que acontece é que tua massa vai absorver parte desse molho, e a parte que sobrar vai engrossar, uma vez que a água vai evaporar, a gordura do queijo e do peru vão se derreter e tudo vai se unir, virando uma situação só. prove o gosto e acrescente sal e pimenta. não pegue pesado no sal, uma vez que já vai queijo pacaceta e peito de peru. molho pronto, bóra pra ‘montági’.

antes de começar, acenda o forno e deixe-o em temperatura média, pra ir aquecendo.

é imprescindível organização nessa etapa. deixe uma área da cozinha livre pra isso (mesa, bancada, pia, caralho de asa que for) e faça uma espécie de linha de montagem: comece pelo refratário numa ponta, o pacote de massa ao lado, panela de molho, um prato com o queijo e o peito de peru, outro pratinho com os cogus, finalizando com o parmesão.

ah, uma coisa: eu tiro aquela capa marrom do peito de peru. faço um montinho com as fatias e corto tudo de uma vez.. e outra: quando eu acho que o maldito que fatiou os frios o fez igual a sua bunda, deixando as fatias muito grossas, eu dou uma picada pra ficar menos grosseiro.

voltando pra montagem.

tenha em mente que as fatias de massa SEMPRE devem estar entre uma camada de molho em cima, outra embaixo, uma vez que vai ser ele quem vai finalizar o cozimento da mesma. e outra, seja generoso com o molho. a fatia tem que estar totalmente coberta.

então, começando lá debaixo e subindo, as camadas vão ser na seguinte ordem:

  • 1ª – molho
  • 2ª – massa
  • 3ª – molho
  • 4ª – queijo, peito de peru, cogumelo (tanto faz a ordem)
  • 5ª – molho
  • 6ª – massa
  • 7ª – molho
  • 8ª – queijo, peito de peru, cogumelo

e assim vai sucessivamente, até chegar no topo do teu refratário, sendo que a última camada vai ser de molho. por cima, polvilhe o parmesão.

uma boa dica é pegar uma assadeira maior, forrar o fundo com alumínio (pra não ter que se matar depois lavando), e colocar a lasanha dentro dele, antes de ir pro forno. por que? porque teu molho vai borbulhar, vai vazar do refratário e vai ser o cu do palhaço de pano pra limpar depois.

tome por exemplo essa minha aí, que eu já caguei tudo antes mesmo de ir pro forno.

cubra a lasanha com papel alumínio (deixe o lado que brilha mais virado pra baixo, é ele que faz o ‘efeito estufa’) e meta no forno por 25 minutos.

passados os 25 minutos, tire o papel alumínio e devolva ao forno, aumente o termostato pro máximo, só pro teu parmesão tomar aquela bronzeada e criar aquela crosta de deixar gordo com sorriso no rosto :)

-> eu juro que vou tentar não esquecer nunca mais de: 1 – deixar a câmera sempre com bateria / 2 – fotografar o produto final das receitas.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.